17 maio 2009

ATÉ QUANDO

Até quando nossos desejos
Tudo aquilo que queremos
O que estivemos sempre a imaginar
Nos nossos sonhos irão morar

Até quando vamos esperar
Nossos sonhos se realizar
Pra que medo da chuva
Se o tempo logo vai passar

Até quando nosso amor
Só em palavras vão morar
Do que vale todos os Poemas
Se eu não te encontrar

Até quando a solidão
Vai morar no coração
Nunca vai ser tarde se precisar
Estou aqui a te esperar

Até quando os medos
vão invadir nossos desejos
Se não aguentar e chorar
Serei o vento para suas lágrimas secar

Até quando seu olhar
Na minha mente vai ficar
Pode o fim chegar
Mas é impossivel em você não pensar

Pode o outono chegar
O inverno passar
A Primavera acordar
Mas no verão em você sempre irei sonhar.

--JÚLIO CÉSAR DE MELO--

Nenhum comentário: